Ofício Memorial

“Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor.” Apocalipse 14:13

“A memória do justo é abençoada.” Provérbios. 10:7

Altar - memóriaNa Paróquia de São João, as celebrações em memória dos falecidos podem ser agendadas por telefone ou pessoalmente na secretaria, que funciona de terça a sábado, das 9h às 12h e das 13h às 17h. O telefone de contato é (11) 3031-3009.

Já no início da Igreja, os cristãos costumavam celebrar a memória dos fiéis falecidos. E o Livro de Oração Comum conserva várias orações que nos convidam a render graças a Deus pela vida dos nossos irmãos e irmãs que faleceram na paz de Cristo. Com a Celebração do Ofício Memorial, honramos a memória das pessoas que amamos e que já não vemos. E igualmente, rendemos graças ao Senhor por todas as pessoas cuja fé só foi conhecida por Deus.

“(…) lembrar nossos entes queridos diante de Deus é louvar essa obra de Deus demonstrada na morte e ressurreição de Jesus. Lembrar tem uma outra dimensão… se desdobrar numa outra súplica: que eles e nós estejamos numa comunhão dos santos e que no tempo, essa comunhão se manifeste em toda a plenitude, de modo que todos estejamos reunidos diante de Deus…” Bispo D. Sumio Takatsu

A liturgia pelos falecidos é uma liturgia pascal, e todo seu significado se concentra na Ressurreição. Visto que Jesus foi ressuscitado dos mortos, nós também seremos ressuscitados. Portanto, a liturgia se caracteriza por sua alegria, na certeza de que:

“nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem outros governos ou poderes celestiais, nem o presente nem o futuro, nem o mundo que está em cima de nós, nem o que está embaixo: em todo o universo não há nada que nos possa separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor”. LOC (2009) / IEAB pág. 193

É tradição em nossa igreja que a família enlutada ofereça, por ocasião da Missa de Memória, flores para o Altar de Deus, além de fazer uma oferta para a Paróquia e Músicos. “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que oferta com alegria”. A celebração em memória tem acompanhamento musical uma vez que a liturgia se caracteriza pela alegria da Ressurreição do Senhor.