Bispo Anglicano da Amazônia e Presidente da JUNET recebe título de Doutor Honoris Causa de Universidade do Canadá

Bispa da Diocese Anglicana de Huron, Linda Nicholls, e Bispo da Diocese Anglicana da Amazônia, Dom Saulo Maurício de Barros. Crédito da foto: Diocese of Huron, Canadá

O bispo da Diocese Anglicana da Amazônia, Dom Saulo Maurício de Barros, recebeu o título de Doutor Honoris Causa em Teologia da Universidade de Huron, no Canadá, no dia 11 de maio.

A bispa da Diocese Anglicana de Huron, Linda Nicholls, conferiu o grau de Doutor em Teologia ao bispo Saulo pela sua significante contribuição ao desenvolvimento da educação teológica no Brasil e seu papel como bispo da região Amazônica. Bispo Saulo é presidente da JUNET (Junta Nacional de Educação Teológica) e um dos coordenadores do CEA (Centro de Estudos Anglicanos).

Em seu discurso dirigidos aos participantes da cerimônia que incluiu também a graduação de estudantes da Faculdade de Teologia, o bispo Saulo falou da relevância e desafios da teologia diante das profundas crises éticas do mundo de hoje. Afirmou que uma teologia que pretenda ser relevante deve estar instrumentalizada para interpretar a realidade, saber com clareza a quem se destina e estar fundamentada no Deus da escuta amorosa comprometido com os marginalizados e empobrecidos deste mundo (texto integral para download neste link). Na sua fala Dom Saulo foi traduzido pelo Revdo. Graham William Bland que já foi pároco da Santa Maria, atual catedral da Diocese Anglicana da Amazônia.

“É uma grande honra receber este título da Universidade de Huron. Não posso procurar em feitos individuais o merecimento para recebê-lo, essa homenagem só pode ser compreendida se tivermos bem claro que por trás de tudo isto existem duas dioceses, envolvendo a vida de muitas pessoas que buscam viver o evangelho no seu dia-a-dia”, disse o bispo Saulo.

Bispo Saulo falou ainda muito positivamente sobre o trabalho realizado atualmente pelo CEA no Brasil. “Fico bastante feliz com a atenção que nosso trabalho recebe do exterior. Tanto no Panamá, onde estive recentemente, como aqui no Canadá, as pessoas se entusiasmam quando falamos de educação à distância através de um ambiente virtual de aprendizagem. Já tenho reuniões marcadas para tratar do assunto com pessoas aqui que querem importar nosso conhecimento”.

A cerimônia foi seguida com uma recepção aos convidados na qual bispo Saulo teve a oportunidade de reencontrar pessoas que foram fundamentais para o relacionamento de companheirismo entre a Diocese da Amazônia e a Diocese de Huron. Entre elas o anterior bispo de Huron, Robert Bennett, e o antigo bispo sufragâneo, Terrance Dance.

No final da recepção o reitor da Universidade de Huron, Dr. Barry Craig, entregou em nome da Fundação da Universidade (Huron University College Foundation) uma doação para o trabalho social na Diocese Anglicana da Amazônia.  Craig ressaltou a importância do trabalho da Igreja Anglicana na Amazônia e disse que apesar de conhecer o bispo Saulo há apenas oito horas, já o considerava um amigo.

Dom Saulo Barros foi eleito como primeiro bispo da Amazônia em 2006. A Diocese Anglicana da Amazônia tem sua sede em Belém do Pará e envolve cinco estados da região Norte. A Diocese da Amazônia e a Diocese de Huron estabeleceram seu convênio de companheiros em 2014 durante concílio diocesano em Belém do Pará.

Publicado em 19/05/2017 no site da Diocese Anglicana da Amazônia.