Novena de Oração 2017 – Entre o desespero e a Ação de Graças

Sexta-feira, 2 de junho

Entre o desespero e a Ação de Graças

OLHE… e seja curioso.

ESPERE… com uma expectativa orante.

Vem Espírito Santo: Venha o Teu Reino.

LEIA… este texto com uma mente aberta.

O SENHOR mandou um peixe enorme que engoliu Jonas e ficou dentro do peixe três dias e três noites. De dentro do peixe, Jonas dirigiu ao SENHOR, seu Deus, a seguinte oração: «Quando eu estava na angústia, invoquei-te, SENHOR, e tu respondeste-me; do fundo do abismo, gritei por ti e ouviste o meu pedido. Atiraste comigo para as profundezas do mar e a corrente envolveu-me; as tuas ondas e as tuas vagas passaram por cima de mim. Pensei que me tivesses expulsado para longe da tua presença. Como poderia voltar a ver o teu santo templo? As águas cobrem-me até à garganta, o abismo engoliu-me, as algas enrolaram-se-me à cabeça. Desci até aos alicerces das montanhas e os ferrolhos da morte fecharam-se atrás de mim para sempre. Mas tu, SENHOR, fizeste-me sair vivo do sepulcro.

(Jonas 2:1-7)

ESCUTE… uma palavra com um coração disponível.

RESPONDA… com oração e ação.

Senhor das águas revoltas, que trouxeste esperança a Jonas
quando ele estava desesperado e longe de casa,
quando clamamos por Ti das profundezas das nossas vidas
estamos a pedir-te que deixes conhecer a Tua salvação;
traz-nos a salvo a novas praias
para que possamos continuar a viagem
com Jesus que é o Caminho. Amém.