Nota de Esclarecimento sobre o Conselho Consultivo Anglicano 16

Caminhando Juntos: um esclarecimento

ACC-2016 Lusaka6 de maio de 2016

Desde a enriquecedora, empoderadora e construtiva reunião do Conselho Consultivo Anglicano (CCA-16) em Lusaka, 8-19 abril de 2016, uma série de declarações apareceram no que se refere ao posicionamento do CCA-16 com o resultado da Reunião e Encontro dos Primazes de janeiro de 2016.

Como membros recém-saídos do Conselho Consultivo Anglicano e do Comitê Permanente, escrevemos para esclarecer nossa compreensão do que aconteceu no CCA-16 em relação à última reunião dos Primazes.

O CCA-16 aprovou uma resolução, “Caminhando Juntos”, como segue:

O Conselho Consultivo Anglicano

1. recebe o relatório formal do Arcebispo de Cantuária ao ACC16 sobre a Reunião e Encontro dos primazes de Janeiro de 2016; e

2. afirma o compromisso dos Primazes da Comunhão Anglicana de caminharem juntos; e

3. compromete-se a continuar a buscar formas adequadas para que as províncias da Comunhão Anglicana caminhem juntas entre si e com os Primazes e os outros Instrumentos de Comunhão.

Ao receber o relatório formal do Arcebispo de Cantuária da Reunião e Encontro dos Primazes, o CCA-16 não endossou nem afirmou as consequências contidas no Comunicado dos Primazes. Não houve discussão ou decisão em plenário em relação ao Comunicado dos Primazes. De nossa perspectiva, não parece ter havido um pensamento comum sobre o assunto, senão o compromisso claro de evitar novos confrontos e divisão. O CCA-16 de fato acolheu a chamada para os Instrumentos de Comunhão e as Províncias continuarem a caminhar juntos no discernimento do caminho a seguir. Mas nenhuma consequência foi imposta pelo CCA e nem se pediu ao CCA que o fizesse.

Durante a reunião houve muitas oportunidades, tanto formais como informais, para explorar o tema do CCA-16, “Discipulado intencional em um mundo de diferenças”. Isso foi feito fiel e respeitosamente.

Como ex-membros do Conselho Consultivo Anglicano e do Comitê Permanente, continuamos a defender apaixonadamente o papel distinto e independente do CCA como um dos Instrumentos de Comunhão. O CCA fornece um espaço de importância crucial para a partilha de nossas histórias na missão de Deus como leigos, sacerdotes, diáconos e bispos dos muitos e diversos contextos das Províncias da Comunhão Anglicana. No CCA-16, nós realmente testemunhamos o compromisso afirmado de caminhar juntos em nossa vida como Corpo de Cristo.

Helen Biggin, Igreja no País de Gales (2009-2016)

Prof Dr. Joanildo Burity, Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (2009-2016)

Revmo. Ian T. Douglas, Igreja Episcopal (2009-2016)

Revma. Dra. Sarah Macneil, Igreja Anglicana da Austrália (2009-2016)

Cônega Elizabeth Paver, Igreja da Inglaterra, Ex-Vice-Presidente (2009-2016)

Revmo. James Tengatenga, Igreja da Província da África Central, Ex-Presidente (2009-2016)

Saiba mais sobre as repercussões da nota: