Arcebispo de Cantuária pede orações pelo Encontro de Primazes

Arcebispo de Cantuária Justin Welby

Arcebispo de Cantuária Justin Welby

O Arcebispo de Cantuária solicita que as pessoas orem pelo Encontro de Primazes da Comunhão Anglicana, que acontecerá de 11 a 16 de janeiro em Cantuária. Os líderes das 38 províncias Anglicanas estarão presentes no encontro, que foi convocado pelo Arcebispo Justin em setembro do ano passado.

O Arcebispo Justin Welby diz: “Enquanto nos aproximamos da Reunião de Primazes, precisamos reconhecer que lidaremos com algumas questões muito, muito difíceis – dentro da vida da Comunhão Anglicana, mas questões também imensamente complicadas que afetam toda a igreja de Cristo e o mundo todo”.

“O que eu gostaria de pedir que as pessoas orassem mais do que qualquer coisa por sabedoria e amor. Que o amor de Cristo por cada um de nós, por cada um de nós que somos pecadores, cada um que falha, para que nos sobrecarreguemos da capacidade de amar uns aos outros como deveríamos. E sabedoria para que possamos reconhecer o chamado e propósito de Deus e com amor e sabedoria possamos servir seu mundo de maneira que Ele nos clama”.

A agenda será definida por comum acordo com todos os primazes. É provável que sejam incluídos temas relacionados a violência motivada pela religião, a proteção de crianças e adultos vulneráveis, o meio ambiente e a sexualidade humana.

Sobre o Encontro de Primazes de 2016

O Arcebispo de Cantuária convidou todos os 37 Primazes para irem à Cantuária refletir e orar unidos acerca do futuro da Comunhão Anglicana.

A reunião, que acontecerá de 11 a 16 de janeiro, será uma oportunidade para os Primazes discutirem pessoalmente temas importantes. Estes incluirão uma revisão das estruturas da Comunhão Anglicana e decidirão juntos suas abordagens para a próxima Conferência de Lambeth.

A agenda será definida por comum acordo, na qual todos os primazes são encorajados a enviarem suas contribuições. É provável que sejam incluídos temas relacionados a violência motivada pela religião, a proteção de crianças e adultos vulneráveis, o meio ambiente e a sexualidade humana.

O Arcebispo Foley Beach, líder da Igreja Anglicana na América do Norte (ACNA), estará presente em parte do tempo.

Ao anunciar a Reunião em setembro de 2015, o Arcebispo Justin Welby disse: “Sugeri a todos os primazes que precisamos considerar os recentes desenvolvimentos, mas também a olharem de maneira renovada nossos modos de trabalho como Comunhão e especialmente primazes, dando a devida atenção aos acontecimentos passados”.

“Nossa caminhada adiante precisa respeitar as decisões de Lambeth 1998, e aos vários encontros do Conselho Consultivo Anglicano e Encontro de Primazes desde então. Também precisa ser um caminho a seguir, guiado pelo imperativo absoluto da igreja proclamar o Evangelho de Jesus Cristo, a criar discípulos e a adorar e viver em santidade, reconhecendo que a maneira pela qual proclamamos acontece, e as pressões sobre nós varia muito entre as Províncias. Cada um de nós vive em contextos diferentes”.

“As diferenças entre nossas sociedades e culturas, assim como a velocidade das mudanças culturais em muito do norte global, nos tenta a dividir enquanto cristãos: quando comandam as escrituras, a oração de Jesus, a tradição da Igreja e nossa compreensão teológica exortam a unidade. Uma família anglicana do século XXI precisa ter espaço para profundos desacordos, e até mesmo críticas mútuas, desde que sejamos fiéis à revelação de Jesus Cristo, juntos”.
“Não temos um Papa anglicano. Nossa autoridade enquanto igreja é dispersa, e, em última análise, é encontrada nas Escrituras, devidamente interpretada. Sob esta luz, espero nos encontrar sob a orientação do Espírito Santo, buscando maneiras de nos possibilite definir um rumo que nos permita focar em servir e amar uns aos outros, e sobretudo, proclamar as boas-novas de Jesus Cristo”.

Coleta pelo Encontro de Primazes de 2016

Gracioso Pai,
que por meio de seu profeta Isaías nos prometeu
um Espírito de sabedoria e compreensão, conselho e força interior, conhecimento e verdadeira piedade:
inspira hoje aquele mesmo Espírito sobre os líderes de sua Igreja,
que eles possam encontrá-lo uns nos outros,
encontre a liberdade perfeita em seu serviço,
e produza frutos de seu Espírito de amor, paz e alegria;
que sua igreja possa renovar-se na forma de seu Filho, nascido, crucificado e ressuscitado,
que possamos ser um com você e em você,
um só Deus, misericordioso e poderoso. Amém.

Fonte: site oficial do Encontro de Primazes de 2016 (em inglês).